Dia Mundial da Água – 2023: é tempo de acelerar a Mudança

Dia Mundial da Água celebrado no dia 22 de março e instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), tem como principal propósito mobilizar a população em relação a um uso mais consciente e responsável da água. 

 

Toda a mensagem do Dia Mundial da Água está enquadrada no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6 – ODS6 – Água e Saneamento para TODOS até 2030. Cumprir com o ODS6 é garantir acesso a água limpa e resguardada de fontes de poluição e é garantir que o ciclo da água se cumpre com equilíbrio. A resposta à crise hídrica e sanitária é central no enfrentar de problemas globais relacionados com a saúde, a sustentabilidade ambiental, o progresso económico, a igualdade, a paz e a segurança dos países e das suas comunidades.

A ONU lança este ano o apelo – Acelerando Mudanças – Seja a mudança que você deseja ver no Mundo”, colocando no centro do debate formas de acelerar mudanças com vista ao cumprimento urgente das metas definidas e pensadas de resposta à crise global da água.

Be the change, é o mote da campanha deste ano e incentiva novas posturas individuais, políticas, empresariais, para enfrentar esta crise global e que não pode esquecer os 2,2 bilhões de pessoas que vivem sem acesso a água potável, num momento chave em que decorre a Conferência da ONU sobre Água, com fortes expectativas sobre novos documentos orientadores neste contexto da gestão estratégica e partilhada da água.

Na imagem do Dia Mundial da Água surge o desenho de uma ave – um Beija-Flor e faz-se a alusão à fábula do Beija-flor:

Era uma vez uma floresta, onde deflagrou um grande incêndio. Todos os animais fugiram preocupados em salvar as suas próprias vidas. Ficaram à beira do fogo, observando as chamas, com terror e tristeza.
Por cima das suas cabeças, um pequeno beija-flor voava de um lado para outro em direção ao incêndio, repetidamente. Os animais maiores perguntaram-lhe o que estava a fazer:

– Estou a voar até ao lago para ir buscar água e a usá-la no combate ao fogo.
  Os animais riram e com ironia exclamaram:
– Isso é uma loucura! Não vais conseguir apagar o incêndio!
  E o beija-flor replicou:
– Eu estou a fazer apenas aquilo que posso e consigo fazer.

O Beija-flor tentou responder ao problema transportando gotas no seu bico e procurou agir assumindo a mudança que deseja ver no mundo.

Algumas ideias simples para poupar água:
o Tomar banhos mais curtos
o Nos quintais e jardins evitar regar em excesso
o Fechar bem as torneiras
o Não desperdiçar alimentos
o Consumir produtos locais e sazonais
o Mudar para energias renováveis

Precisamos de pessoas como o Beija-flor que não desistam de ser parte da solução, com pequenos gestos, gota a gota.

#bethechange

 

Última Actualização em 22 de Março, 2023

Partilhar este artigo
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp