Alemanha, Portugal e Eslovénia colocam a água no centro da adaptação às alterações climáticas no seio da EU

 

Decorreu nos dias 4 e 5 de novembro, em modo virtual, a Conferência Europeia “Climate change and the European Water Dimension – Enhancing Resilience”, organizada conjuntamente pelo Ministério do Ambiente, Conservação da Natureza e Segurança Nuclear, da Alemanha, o Ministério do Ambiente e da Ação Climática, de Portugal e o Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território da Eslovénia.

Esta conferência, enquadrada nas atividades do Trio de Presidências do Conselho da União Europeia, reuniu um conjunto de especialistas em torno da gestão sustentável da água enquanto elemento central das estratégias de adaptação às alterações climáticas.

Num momento em que a Comissão Europeia se encontra a preparar a nova Estratégia Europeia de Adaptação às Alterações Climáticas, cujo lançamento está previsto para o primeiro trimestre de 2021, esta Conferência permitiu apresentar recomendações para reforçar a resiliência climática. A promoção da integração dos objetivos de gestão sustentável da água nas políticas setoriais, uma maior coordenação entre as medidas de mitigação e adaptação ou o aumento do financiamento atribuído a projetos transfronteiriços de adaptação das bacias internacionais aos efeitos das alterações climáticas foram algumas das recomendações apresentadas.

A presença do Senhor Ministro do Ambiente e da Ação Climática, na sessão inaugural, da Senhora Secretária de Estado do Ambiente, na sessão de encerramento e do Presidente da Agência Portuguesa do Ambiente na sessão de apresentação do Policy Paper que serviu de base à conferência, reforçaram a relevância que Portugal atribui a esta temática, que estará em foco na Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, que se inicia a 1 de janeiro de 2021.

Mais informações aqui.

Última Actualização em 6 de Novembro, 2020

Partilhar este artigo
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp