Eleição de Portugal para a Presidência do Comité de Representantes do PNUA

 

 

Portugal assumiu, no dia 1 de julho, a Presidência do Comité de Representantes Permanentes da Assembleia das Nações Unidas para o Ambiente (UNEA) do Programa das Nações Unidas para o Ambiente.

A representação portuguesa fica a cargo da Embaixadora Luísa Fragoso, que desempenha funções na Embaixada Portuguesa em Nairobi desde 2018.

Esta Presidência terá a duração de um ano, seguindo-se uma Presidência da Finlândia, por um período semelhante.

O Comité de Representantes Permanentes é responsável pela preparação das reuniões da UNEA e pela revisão da implementação das decisões que daí resultem.

Este Comité é composto por 122 membros acreditados e foi estabelecido formalmente, em maio 1985, como órgão subsidiário do Conselho de Governadores (atual Assembleia das Nações Unidas para o Ambiente).

Portugal irá, desta forma, assegurar a coordenação dos trabalhos que têm em vista a segunda sessão da 5ª Assembleia das Nações Unidas para o Ambiente que, devido à situação de que se vive desde 2020, se realiza em duas sessões. A primeira sessão decorreu em fevereiro de 2021 e a segunda sessão decorrerá em fevereiro de 2022.