Fórum Político “Untapping the potential of non-wood forest products for Europe’s green economy” – 16 e 17 de março – sessão virtual

 

Decorreu nos dias 16 e 17 de março de 2021 o Fórum Político “Explorar o potencial dos produtos florestais não lenhosos para a economia verde da Europa”. O Fórum teve como objetivo discutir as ações necessárias para posicionar os produtos florestais não lenhosos como um pilar da bioeconomia da Europa.

O evento foi co-organizado pelo European Forest Institute, pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), com o apoio da Agência Regional para Terra e Ambiente da Sardenha e a Fundação Cesefor e dirigiu-se aos decisores políticos da União Europeia, regionais, nacionais e locais e stakeholders interessados nas cadeias de valor dos produtos florestais não lenhosos.

Portugal esteve representado por S. Exa. o Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, que foi convidado para participar da sessão de abertura da sessão virtual.

Na sua intervenção foi dado nota de que os produtos florestais não lenhosos são uma componente significativa do valor económico das florestas na Europa.

Foi salientada a importância dos produtos florestais não lenhosos no cumprimento das prioridades da União Europeia em áreas relevantes, como as florestas, biodiversidade, clima, agricultura e saúde, concentrando-se na ação conjunta do Governo e setor privado para alcançar uma recuperação económica, justa, verde e inclusiva no pós-COVID-19. Alertou-se para o facto destes produtos muitas vezes serem subestimados, não sendo dada a devida importância nas dimensões ecológicas, social e económica.

No âmbito nacional, o Ministro realçou que a floresta é o principal uso do solo português, representando mais de um terço de todo o território, reafirmando, tal como se pode ver na Estratégia Nacional das Florestas, a relevância económica dos produtos florestais não lenhosos que representam 45% do valor total do setor florestal, dando como exemplos a cortiça, as nozes, os frutos silvestres e a resina dos pinheiros.

 

Última Actualização em 17 de Março, 2021

Partilhar este artigo
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp