Portugal adere ao Pacto Europeu para os Plásticos

O Ministro do Ambiente e da Ação Climática e a Secretaria-Geral do Ambiente participaram no lançamento oficial do Pacto Europeu para os Plásticos em Bruxelas, a 6 de março de 2020.

O Pacto Europeu para os Plásticos é uma coligação de 15 Estados e regiões europeias e 66 empresas e organizações que pretende acelerar a transição para uma verdadeira economia circular europeia através da redução dos resíduos dos plásticos e da participação de todos os intervenientes na cadeia de valor.

Os signatários comprometem-se a:

– Projetar todos os produtos e embalagens de plástico de uso único, colocados no mercado pelos participantes, para serem reutilizáveis sempre que possível e, em qualquer situação, serem recicláveis até 2025;

– Reduzir o uso de plástico virgem em produtos e embalagens em, pelo menos, 20% até 2025 (face a 2017), introduzindo modelos de reutilização, resultando metade desta redução de uma redução absoluta de plásticos;

– Aumentar a capacidade de recolha, triagem e reciclagem em 25 pontos percentuais até 2025, nos países envolvidos, e alcançar padrões de qualidade da recolha, triagem e reciclagem que correspondam à procura do mercado por plásticos reciclados;

– Atingir a maior percentagem possível de uso de plásticos reciclados até 2025, com as empresas que usam plásticos a atingirem uma média de pelo menos 30% de plástico reciclado na sua gama de produtos e embalagens.

O Pacto pode ser consultado aqui.

   

Última Actualização em 17 de Março, 2020

Partilhar este artigo
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp