Simpósio de Alto-Nível sobre a Água – construindo pontes entre o ODS 6 e o ODS14

Aproveitando a realização em Lisboa da Conferência 2020 das Nações Unidas para os Oceanos (2 -6 de junho de 2020) e a relação existente entre o cumprimento do ODS 14 (oceanos) e as questões relativas à água doce (ODS 6), o governo de Portugal, com o apoio da UN-DESA e da UN-Water, decidiu-se realizar o Simpósio de Alto Nível sobre Água no quadro da Conferência dos Oceanos, enquanto reunião preparatória da Conferência das Nações Unidas sobre Água de 2023, enquadrada na Década de Ação para a Água e Desenvolvimento Sustentável 2018-2028.
A realização deste evento, à margem da Conferência dos Oceanos, constitui uma oportunidade única para reunir em Portugal decisores políticos, peritos e representantes da sociedade civil para um olhar integrado sobre a forma como gerimos o recurso água. Focado do tema da construção de pontes entre o ODS 6 e o ODS 14 este Simpósio permitirá uma reflexão conjunta de comunidades (água doce e água salgada) que, tradicionalmente, trabalham de forma isolada. A nível nacional, normalmente, a política da água e a política do mar são tratadas por Ministérios diferentes, como é o caso em Portugal. Da mesma forma, os programas científicos e de investigação para cada uma destas áreas trabalham separadamente.
Apenas com uma governação mais robusta, novas formas de diálogo entre os atores envolvidos e com políticas mais coerentes e coordenadas será possível atingir os progressos que necessitamos até 2030, compreendo que os fluxos dos rios até ao mar estão interligados num sistema maior, um sistema cuja complexidade acresce quando falamos de massas de água que atravessam as fronteiras de dois ou mais países.
Estão convidados a participar neste Simpósio os representantes dos Estados-Membros das Nações Unidas, organizações do sistema das Nações Unidas, organizações da sociedade civil, instituições académicas, setor privado e outros atores.
Atendendo a que este Simpósio terá lugar nas instalações onde decorre a Conferência dos Oceanos os participantes terão de estar credenciados e registados para participar naquela Conferência. As organizações da sociedade civil que ainda não estejam acreditadas na Conferência dos Oceanos têm de candidatar-se ao processo de acreditação especial até ao dia 10 de março.

Mais informações em:

Última Actualização em 4 de Março, 2020

Partilhar este artigo
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp